DOL - Dor On Line

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Universidade de Brasília - Campus de Ceilândia
Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto - USP
Faculdade de Farmácia - Universidade Federal da Bahia

Principal    |    Editoriais    |    Edições    |    Sobre a Dor    |    Glossário    |    Projeto DOL    |    Publicações    |    Contato

   
 

Alerta da edição mensal

 

 

Ativação do córtex sensório-motor em mulheres com fibromialgia

Mariana Jonas Smith
 

Estudo realizado aponta que sensibilidade e respostas são aumentadas em meninas com fibromialgia. A pesquisa foi realizada nos Estados Unidos e avaliou a ativação do córtex sensório-motor primário ocasionada com estímulo de dor por pressão em mulheres jovens com e sem fibromialgia, a fim de verificar se ela seria diferente em mulheres saudáveis e com a condição.

 

Para sua realização foram selecionadas 66 mulheres adolescentes entre 13 e 18 anos, sendo 33 com fibromialgia juvenil e 33 adolescentes saudáveis pareadas de acordo com idade e etnia, que foram submetidas a estímulos de pressão nociva leve (2,5 kg/cm²) e moderada (4 kg/cm²), bem como ressonância magnética para verificar a ativação cerebral. Após cada estímulo as participantes eram questionadas acerca da intensidade e a desagrabilidade da dor.

 

Assim, o estudo traz informações de maior ativação do córtex sensório-motor primário em mulheres com fibromialgia, o que explicaria a maior sensibilidade à dor que as pessoas com essa condição apresentam. Os pesquisadores ressaltam que ainda são necessários maiores estudos para a compreensão das áreas exatas ativadas e como são ativadas.

 

Referências: Tong H, Maloney TC, Payne MF, et al. Augmented pain-evoked primary sensorimotor cortex activation in adolescent girls with juvenile fibromyalgia. Pain. 2023;164(10):2316-2326. doi:10.1097/j.pain.0000000000002933

 

Alerta submetido em 01/12/2023 e aceito em 22/12/2023.