DOL - Dor On Line

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Universidade de Brasília - Campus de Ceilândia

Principal    |    Editoriais    |    Edições    |    Sobre a Dor    |    Glossário    |    Projeto DOL    |    Publicações    |    Contato

   
 

Alerta da edição mensal

 

 

O tratamento agudo com o agonista do receptor A3 de adenosina altera a resposta hiperalgésica em ratos com dor inflamatória crônica

Adriele Alves Santos

 

O uso de agonistas dos receptores A1R e A2A de adenosina para tratar condições dolorosas apesar de eficaz é limitado devido a seus efeitos adversos. Dessa forma, é necessário o estudo de agonistas de outros receptores de adenosina para verificar se estes apresentam mais benefícios para uso clínico.

 

Sendo assim, o estudo buscou avaliar o efeito analgésico de um agonista do receptor A3 de adenosina, o IB-MECA, em um modelo de dor inflamatória. Para a realização do experimento, os ratos foram separados em três grupos: o que recebeu a substância inflamatória, a substância controle (salina) e um controle sem qualquer manipulação (naive). Após catorze dias, foram separados novamente entre os que receberiam IB-MECA, morfina ou salina. Por fim, a nocicepção foi avaliada por meio do teste von Frey, Randall Selitto e ensaio da placa quente.

 

Como resultado foi observado o aumento do limiar térmico e mecânico no modelo de dor inflamatória após a administração do IB-MECA. Porém, não foi observado o mesmo efeito ao tratar os grupos sem intervenção e salina. Portanto, os autores concluíram que o IB-MECA possui a capacidade de alterar a resposta hiperalgésica em modelos de dor inflamatória e deve-se estudar os mecanismos pelo qual essa atuação ocorre.

 

Referência: Cioato SG, Lopes B, Salvi AA, Medeiros LF, Torres ILS. Acute treatment with adenosine receptor A3 agonist alters hiperalgesic response in rats with chronic inflammatory pain. 49° Congresso Brasileiro de Farmacologia e Terapêutica Experimental, Ribeirão Preto, 17-20 de Outubro de 2017.

 


Leitura original e/ou complementar