DOL - Dor On Line

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Universidade de Brasília - Campus de Ceilândia

Principal    |    Editoriais    |    Edições    |    Sobre a Dor    |    Glossário    |    Projeto DOL    |    Publicações    |    Contato

   
 

Alerta da edição mensal

 

 

A cetamina intraoperatória reduz o consumo de opioides em pacientes com dor crônica com dependência de opioides

Yara Corrêa Alves Mendes *

 

Cetamina é um antagonista do receptor N-metil-d-aspartato que se mostrou útil na redução da dor pós-operatória aguda e do consumo analgésico em uma variedade de intervenções cirúrgicas com vias de administração variáveis. Pouco se sabe sobre sua eficácia em pacientes dependentes de opioides com história de dor crônica. O estudo, realizado em hospital universitário na Dinamarca, levantou a hipótese que a cetamina reduziria o consumo de opioides no pós-operatório nesta população de pacientes.

 

O estudo foi um ensaio clínico randomizado, prospectivo, duplo-cego e controlado com placebo envolvendo pacientes dependentes de opioides submetidos à cirurgia de coluna lombar. Cinquenta e dois doentes no grupo de tratamento receberam 0,5 mg / kg de cetamina por via intravenosa durante a indução da anestesia e iniciou-se uma infusão contínua a 10 microgramas kg (-1) min (-1) na indução e terminou-se ao fechar a ferida. Cinquenta pacientes no grupo placebo receberam solução salina de volume equivalente. Os pacientes foram observados durante 48 h no pós-operatório e seguidos em 6 semanas. O desfecho primário foi o consumo de 48-h de morfina.

 

O consumo total de morfina (equivalentes de morfina) foi significativamente reduzido no grupo de tratamento 48 h após o procedimento. Também foi reduzido 24 h e 6 semanas após. A intensidade média da dor relatada foi significativamente reduzida na unidade de tratamento pós-anestesia e às 6 semanas. Os grupos não apresentaram diferenças nos efeitos colaterais conhecidos de cetamina ou de opioides.

 

A cetamina intra-operatória reduziu o consumo de opioides no período pós-operatório de 48 horas em pacientes dependentes de opioides com dor crônica. A cetamina também pode reduzir o consumo de opioides e a intensidade da dor durante o período pós-operatório nesta população de pacientes, sem aumento nos efeitos colaterais.

 

Referência: Nielsen RV, Fomsgaard JS, Siegel H, Martusevicius R, Nikolajsen L, Dahl JB, Mathiesen O. Intraoperative ketamine reduces immediate postoperative opioid consumption after spinal fusion surgery in chronic pain patients with opioid dependency: a randomized, blinded trial. Pain. 2017; 158(3):463-470.

 

* Bacharel em Enfermagem pela Universidade Paulista (2006), especialista em Enfermagem Oncológica pela Faculdade Juscelino Kubitschek e Enfermagem do Trabalho pela Faculdade Anhanguera de Brasília. Aluna da disciplina "Redação e publicação de trabalhos científicos 1" do Programa de Pós Graduação em Ciências e Tecnologias em Saúde da Faculdade de Ceilândia - UnB.

 

Alerta submetido em 17/02/2017 e aceito em 07/03/2017.

 


Leitura original e/ou complementar