DOL - Dor On Line

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Universidade de Brasília - Campus de Ceilândia

Principal    |    Editoriais    |    Edições    |    Sobre a Dor    |    Glossário    |    Projeto DOL    |    Publicações    |    Contato

   
 

Alerta da edição mensal

 

 

Tratamentos multidisciplinares na dor crônica

Bruno Rocha Delfino

 

Influência da emoção na dor? Observou-se que a reabilitação da dor crônica pode ser dificultada por possíveis problemas emocionais dos pacientes, e que o estresse emocional, dentre outros fatores de risco cognitivo-comportamentais são fatores bastante significativos para um pior funcionamento físico a longo prazo, mesmo estes sendo submetidos a tratamentos de ponta. Uma pesquisa foi realizada de forma aleatória com 115 pessoas com dor musculoesquelética crônica, dificuldades para realizar os afazeres do dia a dia por conta da dor e problemas emocionais, visando estudar a resposta um método que mescla a terapia de comportamento dialética com terapia de inteligência emocional. Os resultados mostraram melhorias clínicas significativas em um período de nove meses de tratamento, mas não foram tão relevantes e eficientes no pós-tratamento e em longo prazo. Os resultados sugerem que novos tratamentos podem ser implantados e aprimorados para melhorar, não necessariamente a dor em si, mas o impacto negativo que ela traz em seu estilo de vida.

 

Referência: Boersmaa K; S. Martin; Hesserc H; Flinka, Ida K; Gerdleb,B; Steven J. Lintona. Efficacy of a transdiagnostic emotion–focused exposure treatment for chronic pain patients with comorbid anxiety and depression: a randomized controlled trial. PAIN, 2019.

 

Alerta submetido em 08/10/2019 e aceito em 08/10/2019.