DOL - Dor On Line

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Universidade de Brasília - Campus de Ceilândia
Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto - USP
Faculdade de Farmácia - Universidade Federal da Bahia

Principal    |    Editoriais    |    Edições    |    Sobre a Dor    |    Glossário    |    Projeto DOL    |    Publicações    |    Contato

   
 

Alerta da edição mensal

 

 

Avaliação da dor e uso de métodos não farmacológicos para alívio da dor do parto

Luciana Santos Lago

 

Um estudo publicado em janeiro de 2022 apontou que a dor do parto raramente é avaliada com escalas de intensidade e os métodos não farmacológicos de alívio da dor são utilizados de forma inadequada. Esse estudo é uma pesquisa descritiva, transversal, com uma amostra de conveniência de 204 mulheres que deram à luz em uma maternidade Finlandesa, que foram solicitadas a responder a um questionário validado. Os resultados destacaram que menos da metade (46%) das participantes do estudo tiveram a intensidade de sua dor avaliada em uma escala de avaliação da dor. Cerca de 42% das mulheres receberam algum alívio não farmacológico da dor durante o trabalho de parto, sendo os mais utilizados o encorajamento (92%), a presença de uma parteira (82%) e a técnica de respiração adequada ensinada pela parteira (81%). Métodos que exigiam mais do que a contribuição da parteira, como música, aqua blisters e reflexologia, raramente foram utilizados. No geral, as participantes ficaram satisfeitas com o uso de métodos farmacológicos de alívio da dor, e pouco satisfeitas com os métodos não farmacológicos.

 

O estudo apontou ainda que o medo e a dor vivenciados pelas mulheres aumentaram a avaliação da intensidade da dor, mas não influenciaram no uso de métodos não farmacológicos de alívio da dor. O estudo destacou a necessidade de se implementar protocolos de avaliação de intensidade de dor durante o trabalho de parto e o uso adequado dos métodos não farmacológicos para reduzir a dor do parto.

 

Referência: Rantala A, Hakala M, Pölkki T. Women's perceptions of the pain assessment and non-pharmacological pain relief methods used during labor: A cross-sectional survey. Eur J Midwifery. 2022;6:21. Published 2022 Apr 13. doi:10.18332/ejm/146136

 

Alerta submetido em 13/07/2022 e aceito em 13/07/2022.