DOL - Dor On Line

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Universidade de Brasília - Campus de Ceilândia

Principal    |    Editoriais    |    Edições    |    Sobre a Dor    |    Glossário    |    Projeto DOL    |    Publicações    |    Contato

   
 

Alerta da edição mensal

 

 

Celecoxibe, quando utilizado no último trimestre de gestação, eleva o risco de parto prematuro

Eliane Vieira Rosa

 

A utilização de medicamentos anti-inflamatórios durante o período gestacional torna-se, muitas vezes, necessária devido à presença de doenças reumáticas, auto-imunes, processos inflamatórios ou dor. Os anti-inflamatórios não esteroidais e inibidores da ciclo-oxigenase 2 (COX-2) ganham destaque em virtude da sua ampla utilização nestas condições, principalmente em países desenvolvidos.

 

Pesquisadores de Quebec (Canadá) avaliaram, por meio de estudo coorte, dados de gestantes entre os anos de 1998 e 2009 em relação ao risco de parto prematuro associado a vários fatores, dentre eles, o objeto de estudo: a utilização de anti-inflamatórios não esteroidais e inibidores de COX-2 em gestantes no período de até 3 meses antes do parto. A pesquisa comparou dados de gestantes que tiveram parto prematuro, expostas e não expostas aos medicamentos em questão.

 

Os resultados confirmaram a potencialidade indutora de parto prematuro do celecoxibe, um tipo de inibidor de COX-2. Gestantes que fizeram uso do mesmo, no tempo estabelecido pela pesquisa, apresentaram risco de 3,41 vezes maior de parto prematuro. A utilização de 2 tipos de anti-inflamatórios não esteroidais eleva em 3,82 a chance de parto prematuro.

 

Os dados obtidos nesta pesquisa podem orientar profissionais da saúde que atuam diretamente no tratamento de doenças em gestantes em que o uso destes medicamentos é necessário.

 

Referência: Bérard A, Sheehy O, Girard S, Zhao JP, Bernatsky S. Risk of preterm birth following late pregnancy exposure to NSAIDs or COX-2 inhibitors. Pain. 2018; 159(5):948-955.

 

Este alerta foi elaborado na disciplina 395528 - Seminários Avançados em Pesquisa em Ciências e Tecnologias em Saúde do Programa de Pós-graduação em Ciências e Tecnologias da Saúde, Faculdade de Ceilândia - UnB.

 

Alerta submetido em 18/05/2018 e aceito em 18/05/2018.

 


Leitura original e/ou complementar