DOL - Dor On Line

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Universidade de Brasília - Campus de Ceilândia

Principal    |    Editoriais    |    Edições    |    Sobre a Dor    |    Glossário    |    Projeto DOL    |    Publicações    |    Contato

   
 

Alerta da edição mensal

 

 

A influência dos estímulos visuais na percepção da dor crônica

Ketley Paiva Cabral

 

Segundo teóricos, o foco de atenção na dor crônica influencia diretamente no grau de percepção da dor, pois quanto menor a capacidade de desviar a concentração para outras questões, mais acentuada será a sensibilidade do indivíduo. Assim, a observação dos vieses de atenção utilizando como base os tempos de reação durante os estímulos visuais podem indicar fatores que interferem no resultado da dor.

 

A amostra foi composta por 68 mulheres e 21 homens com quadro de dor crônica. Para a realização do estudo rastreou-se a atenção visual por meio dos movimentos oculares enquanto exibiam 16 pares de imagens com e sem presença de lesões durante 6 meses.

 

Observou-se que os participantes expostos a um período total maior com imagens de lesão no decorrer da atividade referiram aumento e maior interferência da dor durante o acompanhamento, comparado aos que ficaram expostos por um menor período. Dessa forma, pressupõe-se que tiveram maior obstáculo para desviar a atenção da dor, amplificando o incômodo e incapacidades na vida cotidiana enquanto aqueles que apresentavam predisposição para evitar o pensamento na dor externa expressaram características de resiliência.

 

Em suma, os vieses de atenção demonstraram ser fator de risco iminente para exacerbação e interferência na dor crônica.

 

Referência: Jackson T, Yang Z, Su L. Pain-related gaze biases and later functioning among adults with chronic pain: a longitudinal eye-tracking study. Pain. 2019; 160(10):2221-2228.

 

Alerta produzido no âmbito da disciplina "Seminários Avançados em Pesquisa em Ciências e Tecnologias em Saúde", do Programa de Pós-graduação em Ciências e Tecnologias em Saúde da Faculdade de Ceilândia, UnB. Alerta submetido em 03/12/2019 e aceito em 03/12/2019.