DOL - Dor On Line

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Universidade de Brasília - Campus de Ceilândia

Principal    |    Editoriais    |    Edições    |    Sobre a Dor    |    Glossário    |    Projeto DOL    |    Publicações    |    Contato

   
 

Alerta da edição mensal

 

 

O uso da terapia com células-tronco para reverter a tolerância aos opioides

Thaise Loyanne Felix Dias

 

Os Estados Unidos vivenciam uma epidemia de utilização de opioides, na qual gerou a necessidade de novas ferramentas para os problemas ocasionados pelo uso desenfreado destes medicamentos. A partir disto, o presente estudo testou se a utilização de células-tronco mesenquimais poderia reverter e prevenir a tolerância e a hiperalgesia induzida pelos opioides.

 

Para isso foi utilizado modelo animal (ratos e camundongos), na qual foram divididos em dois grupos: controle (saudável) e os que foram tratados com injeções diárias de morfina durante quatro semanas para que houvesse a indução da tolerância e hiperalgesia aos opioides. Observado que no grupo controle a utilização de células-tronco não resultou em nenhuma alteração, o que era esperado. No grupo tratado com morfina, a utilização das células-tronco resultou em efeito terapêutico, visto que houve redução significativa de tolerância e da hiperalgesia associada aos opioides. Além disso, foi testado o efeito preventivo das células-tronco, na qual foram transplantadas 1 ou 7 dias antes das injeções de morfina e observado redução tanto da tolerância quanto da hiperalgesia associada ao uso de opioides. Os ratos e camundongos não tiveram alteração de suas funções, perda de peso e de parâmetros bioquímicos, refletindo a segurança do experimento.

 

A utilização de células-tronco diminuiu a tolerância e hiperalgesia induzida por opioides, o que pode estar ligado à sua capacidade de supressão da neuroinflamação. A partir disto, os autores propõem que essa é uma estratégia promissora que poderia impactar na prática clínica e melhorar tanto a eficácia quanto a segurança da terapia com opioides.

 

Referência: Li F, Liu L, Cheng K, Chen Z, Cheng J. The Use of Stem Cell Therapy to Reverse Opioid Tolerance. Clin Pharmacol Ther. 2018;103(06):1–4.

 

Alerta submetido em 13/09/2018 e aceito em 13/09/2018.

 


Leitura original e/ou complementar