Alerta postado em: 04/11/2019 e aceito em: 04/11/2019
 

DOL - Dor On Line

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Universidade de Brasília - Campus de Ceilândia
Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto - USP
Faculdade de Farmácia - Universidade Federal da Bahia

Principal    |    Editoriais    |    Edições    |    Sobre a Dor    |    Glossário    |    Projeto DOL    |    Publicações    |    Contato

   
 

Alerta da edição mensal

 

 

A inclusão do paciente no processo de redução gradual de fármacos opioides em pós-operatório

Rafaela Silva Motta

 

Um estudo controlado randomizado realizado em um hospital universitário dinamarquês mostrou que a adoção de um plano individualizado para redução gradual de medicamentos associado a acompanhamento por telefone após a alta do pós-operatório tem sido eficaz na redução do consumo de opioides por esses pacientes.

 

Foram aleatorizados 110 pacientes adultos com indicação para cirurgia de coluna lombar ou cervical, que foram submetidos a tratamento pré-operatório com opioides 14 dias antes do procedimento. Os pacientes foram divididos em grupo intervenção, em que houve adoção de plano para redução de opioides e acompanhamento por telefone e, grupo controle, que foi tratado conforme padrão de atendimento da instituição.

 

O plano de redução de opioides foi elaborado juntamente com cada paciente, incluindo sua realidade e experiências individuais na tomada de decisão. O plano objetivou a diminuição de todos os opioides prescritos no pré e pós-operatório. Os pacientes foram orientados a diminuir a velocidade de redução em caso de sintomas de abstinência. Já no acompanhamento por telefone, o paciente recebeu ligações no 5º e 7º dia após a alta a fim de sanar dúvidas, receber orientações e realizar ajustes no plano de redução.

 

Como resultado, 71% dos pacientes do grupo intervenção abandonaram por completo o uso dos opioides 3 meses após a alta, em comparação com 43% no grupo controle. Quanto à satisfação com a eficácia do controle da dor, não houve diferença entre os grupos. O modelo do plano para redução de opoides se mostrou eficaz e é de fácil implementação na maioria dos departamentos cirúrgicos, podendo auxiliar um número significativo de pessoas.

 

Referências: Uhrbrand P, Rasmussen MM, Haroutounian S, Nikolajsen L. Shared decision-making approach to taper postoperative opioids in spine surgery patients with preoperative opioid use: a randomized controlled trial. Pain. 2022 May 1;163(5):e634-e641. doi: 10.1097/j.pain.0000000000002456. PMID: 34433772.

 

Alerta submetido em 17/06/2022 e aceito em 01/07/2022.