DOL - Dor On Line

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Universidade de Brasília - Campus de Ceilândia

Principal    |    Editoriais    |    Edições    |    Sobre a Dor    |    Glossário    |    Projeto DOL    |    Publicações    |    Contato

   
 

Alerta da edição mensal

 

 

Biomarcadores para diagnóstico da dor

Paulo Gustavo Barboni Dantas Nascimento

 

Um artigo da revista Molecular Psychiatry traz um estudo longitudinal de pacientes psiquiátricos com alta incidência de comorbidades relacionadas à dor e a sua alta sensibilidade, buscando identificar biomarcadores sanguíneos preditivos para o estado doloroso.

 

A pesquisa encontrou evidencias para marcadores preditivos de dor, como a subunidade gama 7 de proteína G, a proteína contactina1 e o antígeno 9 de linfócitos, entre vários outros. A análise dos dados nos coortes utilizados mostrou também a existência de fenótipos específicos de dor em pacientes psiquiátricos, como um subtipo psicótico e um subtipo ansioso.

 

Os resultados dos perfis de biomarcadores de expressão gênica possibilitaram também evidências para segundo uso de medicamentos no tratamento destes quadros de dor, incluindo algumas vitaminas. A pesquisa possibilita o diagnóstico preciso e terapias individualizadas para quadros de dor.

 

Referência: Niculescu AB, Le-Niculescu H, Levey DF, Roseberry K, Soe KC, Rogers J, Khan F, Jones T, Judd S, McCormick MA, Wessel AR, Williams A, Kurian SM, White FA. Towards precision medicine for pain: diagnostic biomarkers and repurposed drugs. Mol Psychiatry. 2019; 24(4):501-522.

 

Alerta submetido em 20/05/2019 e aceito em 20/05/2019.

 


Leitura original e/ou complementar