DOL - Dor On Line

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP

Universidade de Brasília - Campus de Ceilândia

Principal    |    Editoriais    |    Edições    |    Sobre a Dor    |    Glossário    |    Projeto DOL    |    Publicações    |    Contato

   
 

Editoriais anteriores

 

 

Como a expectativa pode alterar as respostas a uma doença: efeitos placebo e nocebo

Publicado em maio de 2011

Por definição, o placebo é uma substância inerte, sem propriedades farmacológicas, que é administrada a uma pessoa ou grupo de pessoas, como se ela tivesse propriedade terapêutica. O efeito placebo pode ser definido como... [Continuar]

 

Novos analgésicos: onde estamos errando?

Publicado em abril de 2011

Segundo registros históricos, desde os primórdios da humanidade o homem vem procurando maneiras de controlar a dor. Estudos antropológicos relatam que as primeiras tentativas de controlar a dor consistiam em banhos ou em rituais e uso de... [Continuar]

 

Dependência de opióides de prescrição: um problema mundial

Publicado em março de 2011

Os opióides constituem um grupo de substâncias derivadas do ópio, que é extraído da planta Papaver somniferum ou papoula roxa. No ópio, há mais de 20 alcalóides ativos e alguns deles são de grande interesse terapêutico, tais como a morfina... [Continuar]

 

Botox no controle da dor

Publicado em fevereiro de 2011

Botox® é a marca mais conhecida da toxina botulínica do tipo A (BTXA), que é uma neurotoxina isolada de culturas da bactéria Clostridium botulinum. A BTXA apresenta alta afinidade pelas sinapses colinérgicas, bloqueando a liberação... [Continuar]

 

Revisão sobre a conduta clínica no tratamento farmacológico da dor neuropática

Publicado em janeiro de 2011

A dor de origem neuropática resulta de uma lesão ou disfunção do sistema somatosensorial. Dentre as causas mais comuns de dor neuropática estão a polineuropatia associada ao diabetes, neuralgia pós-herpética, neuralgia do trigêmeo, dor central pós-acidente... [Continuar]

 

O viés interpretativo e os antiinflamatórios não-esteroidais

Publicado em dezembro de 2010

Seguindo o tema de nosso último editorial, vamos agora abordar com uma visão semelhante o problema dos efeitos adversos associados ao uso de antiinflamatórios não-esteroidais (AINEs)... [Continuar]

 

A acupuntura para dor lombar e as terapias alternativas: mais eficazes que o efeito placebo?

Publicado em novembro de 2010

Este editorial discute algumas controvérsias existentes nas chamadas terapias alternativas e nas complementares as vistas da medicina baseada em evidências. O termo Medicina Alternativa é comumente usado para descrever práticas médicas... [Continuar]

 

Analgésicos fitoterápicos: realidade ou ilusão?

Publicado em outubro de 2010

As plantas medicinais constituem o primeiro marco histórico acerca de prevenção, tratamento ou cura de diversos males. Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), fitoterápicos são medicamentos obtidos a partir de plantas medicinais e... [Continuar]

 

Antiinflamatórios aliviam ou não a dor neuropática?

Publicado em setembro de 2010

A dor é um dos principais problemas da nossa sociedade, uma vez que leva a uma breve ou, até mesmo, permanente incapacitação de milhões de pessoas, trazendo alto custo financeiro e social. Dentre as diversas condições em que ocorrem estados dolorosos... [Continuar]

 

10 anos de DOL

Publicado em agosto de 2010

Durante 10 anos, após centenas de alertas e quase cem editoriais, trouxemos a você leitor os principais acontecimentos da década na pesquisa e desenvolvimento da medicina e demais ciências da saúde no que tange a mais antiga das mazelas do homem, a dor... [Continuar]

 

Imunobiológicos: uma nova era na terapêutica

Publicado em julho de 2010

Muitos avanços têm sido alcançados na terapêutica nas ultimas décadas. Entre estes avanços, o desenvolvimento de terapias imunobiológicas talvez seja uma das mais importantes, principalmente no uso de anticorpos contra proteínas endógenas... [Continuar]

 

Azul de metileno: será a cura para dor nas costas?

Publicado em junho de 2010

Dor lombar é uma queixa muito comum da população em geral. Chamada também de lombalgia, esta dor ocorre na parte inferior da coluna vertebral (coluna lombar), sendo que cerca de três em cada quatro adultos terão dor nas costas durante sua vida... [Continuar]

 

Talidomida: é possível esquecer o passado, viver o presente e, quem sabe, planejar o futuro?

Publicado em maio de 2010

A talidomida, sem dúvida nenhuma, é o medicamento que mais causou medo em todos os tempos, sendo considerada “a maior tragédia médica dos tempos modernos”. Introduzida na prática clínica no final da década de 50 pela empresa farmacêutica... [Continuar]

 

Maconha medicinal: da ciência à hipocrisia

Publicado em abril de 2010

Um enorme progresso científico nas últimas décadas criou um problema que precisa ser discutido devido aos vários questionamentos éticos feitos ao propormos o uso medicinal de plantas do gênero cannabis e a química de seus metabólitos secundários... [Continuar]

 

Câncer: tratamento com morfina pode ser prejudicial?

Publicado em março de 2010

A morfina (palavra de origem mitológica, representando Morfeu, o deus dos sonhos) é uma das muitas substâncias extraídas da Papaver somniferum (papoula do oriente) e é obtida a partir de cortes no fruto imaturo da papoula, de onde escoa um líquido denso, o ópio... [Continuar]

 

Glutamato: é ou não é?

Publicado em fevereiro de 2010

O glutamato é geralmente considerado o principal neurotransmissor excitatório do cérebro dos mamíferos. Até recentemente, a sinalização sináptica glutamatérgica foi geralmente aceita como quase a totalidade da sinalização intercelular do glutamato... [Continuar]

 

Fisioterapia e a dor

Publicado em janeiro de 2010

A Fisioterapia é uma ciência da Saúde que estuda, previne e trata os distúrbios cinéticos funcionais intercorrentes em órgãos e sistemas do corpo humano, gerados por alterações genéticas, por traumas e por doenças adquiridas. Seu mercado de atuação é muito... [Continuar]

 

Mecanismos compensatórios, gula e dor

Publicado em dezembro de 2009

Pode-se dizer que uma das grandes descobertas científicas que ocorreram no século passado está relacionada com a demonstração de sistemas compensatórios da sensação de dor, existentes no próprio organismo, também denominados “sistemas auto-analgésicos”... [Continuar]

 

Antiinflamatórios não-esteroidais doadores de óxido nítrico

Publicado em novembro de 2009

Desenvolvido pela companhia farmacêutica francesa NicOx SA, naproxcinod (HCT3012) é o primeiro fármaco em avançado estágio de desenvolvimento de uma classe de analgésicos e drogas antiinflamatórias idealizada há muito tempo, chamada... [Continuar]

 

Dor e Bradicinina

Publicado em outubro de 2009

O editorial desse mês presta uma homenagem aos sessenta anos de uma importante descoberta brasileira: a bradicinina. Esse fato foi, também, tema da 41ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Farmacologia e Terapêutica Experimental (SBFTE)... [Continuar]

 

A dor do câncer

Publicado em setembro de 2009

Dor de intensidade e característica variáveis está presente em 25 a 60% dos pacientes portadores de câncer à época do diagnóstico. Na vasta maioria dos casos (> 80%), entretanto, a dor por câncer pode e deve ser controlada... [Continuar]

 

A influência do orgasmo na dor de cabeça

Publicado em Agosto de 2009 Quando as coisas não caminham muito bem em um relacionamento amoroso, uma das desculpas femininas clássicas para não fazer sexo com o parceiro é alegar uma dorzinha de cabeça. Pode soar estranho, mas... [Continuar]

 

Novas armas para o tratamento da artrite reumatóide

Publicado em julho de 2009

A artrite reumatóide (AR) é uma doença auto-imune crônica que apresenta manifestações locais e sistêmicas e atinge em torno de 1% da população mundial. A doença ocorre mais freqüentemente em pessoas com idade entre 40 e 70 anos e acomete... [Continuar]

 

Neuropatia diabética

Publicado em junho de 2009

Nosso DOL – Dor On Line deste mês apresenta um alerta referente a uma importante morbidade associada à diabetes e ao controle dos níveis de triglicérides (veja em Ciência & Tecnologia). Os pacientes que possuem esta patologia são especialmente suscetíveis à... [Continuar]

 

Qual o papel da adenosina, do ATP e de seus receptores na dor?

Publicado em maio de 2009

A adenosina é uma substância endógena sintetizada a partir da adenina, uma das cinco bases nitrogenadas que participam da composição dos ácidos nucléicos. Em condições fisiológicas normais, os níveis extracelulares de adenosina são muito baixos. Contudo... [Continuar]

 

A dor e os bebês – pesquisas e medidas para a diminuição dos prejuízos

Publicado em abril de 2009

A experiência de dor ou a exposição repetitiva a estímulos nociceptivos no período neonatal leva à mudanças em longo prazo na circuitaria neuronal que podem ser prejudiciais ao indivíduo. A atividade anormal ou excessiva de neurônios sensoriais... [Continuar]

 

O papel da imprensa como fiscalizador: indo de encontro às necessidades da população

Publicado em março de 2009

Alguns dias atrás foi divulgado pela imprensa que um conhecido pesquisador na área de dor e analgesia havia sido acusado de fabricar grande parte dos resultados apresentados por suas pesquisas, muitos deles financiados por empresas farmacêuticas... [Continuar]

 

Mistérios dos neurônios nociceptivos periféricos

Publicado em fevereiro de 2009

A dor começa com um estímulo do sistema nociceptivo que produz uma sensação cortical cuja percepção é desagradável e aversiva, como ocorre quando se faz um corte na pele ou se pressiona uma região inflamada. Quando se comprime uma junta ou um tecido... [Continuar]

 

A importância da farmacovigilância: cuidados para a real segurança dos medicamentos

Publicado em janeiro de 2009

A farmacovigilância é uma atividade que permite, durante a etapa de uso comercial em larga escala, a observação da segurança real dos medicamentos e, assim, detectar efeitos adversos não previstos nas etapas prévias ao seu lançamento no mercado... [Continuar]

 

Mais uma vez, antiinflamatórios seletivos para COX-2: riscos x benefícios sob o ponto de vista das agências reguladoras de medicamentos

Publicado em dezembro de 2008

Inúmeros foram os alertas e editoriais publicados em nosso jornal eletrônico relacionando o uso de antiinflamatórios não-esteroidais (AINEs) seletivos para a enzima ciclooxigenase-2 (COX-2) e as conseqüências de seu consumo. Como noticiado anteriormente... [Continuar]

 

100

Publicado em novembro de 2008

Esse Editorial não fala nada relacionado à dor... Tampouco fala sobre Ciência pura ou específica... Não! Esse é um Editorial diferente de todos aqueles que você, leitor, está acostumado a ler todos os meses, a cada nova edição do DOL – Dor On Line... [Continuar]

 

A necessidade de desenvolver novos analgésicos e o uso de modelos animais

Publicado em outubro de 2008

O conhecimento sobre os mecanismos da dor está diretamente relacionado ao uso de modelos experimentais animais. Apesar dos avanços nas áreas de neurobiologia molecular e genética que podem ser obtidos em testes com seres humanos... [Continuar]

 

Inibidores da caspase-1 como alternativa de drogas antiinflamatórias: indo além dos inibidores da COX-2

Publicado em setembro de 2008

Caspases são uma família de proteases que apresentam funções apoptóticas e não-apoptóticas. Foram identificados quatorze tipos de caspases, sendo doze em humanos. São divididas em dois grupos de acordo com a sua função, sendo um... [Continuar]

 

Dismenorréia: doença ou sintoma fisiológico?

Publicado em agosto de 2008

A dismenorréia, também conhecida como cólica menstrual ou menstruação dolorosa, é definida como dor pélvica (na região do baixo ventre) que ocorre antes ou durante o período menstrual. Essa dor menstrual ocorre em cerca de 71 % das mulheres com idade... [Continuar]

 

Antecipando os fatos, mais uma vez

Publicado em julho de 2008

A segunda metade do século passado e início deste milênio têm servido de cenário para inúmeros avanços tecnológicos, que permitiram que a pesquisa e investigação científica crescessem de maneira surpreendente. Aliado a esse crescimento, também... [Continuar]

 

Ghostwriter - a Ciência em risco?

Publicado em junho de 2008

Escrever artigos, planejar palestras ou elaborar discursos em nome de outros é uma atividade muito comum, exercida em todo o mundo acadêmico. Conhecida como “ghostwriting”, esta atividade é, para diversas pessoas... [Continuar]

 

Lumiracoxibe (Prexige®): até quando ele resistirá?

Publicado em maio de 2008

Depois do Vioxx® (medicamento produzido pela empresa Merck Sharp & Dohme cujo princípio ativo é o rofecoxibe) e do Bextra® (produzido pela Pfizer, com princípio ativo valdecoxibe), respectivamente retirados do mercado em 2004 e 2005 pela possibilidade de... [Continuar]

 

A dor da dengue

Publicado em abril de 2008

A dengue infecta mais de 100 milhões de pessoas por ano no mundo todo e, apesar de todas as pesquisas em andamento, sua fisiopatologia ainda não é bem conhecida. Mais ainda, pouco se sabe sobre a dor associada à esta doença caracterizada por sintomas... [Continuar]

 

O uso de células-tronco no tratamento da dor

Publicado em março de 2008

A permissão ou proibição do uso de células-tronco embrionárias está para ser definida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em votação que foi adiada para o início de abril. Por este motivo, ultimamente pudemos acompanhar muitas discussões a respeito... [Continuar]

 

Fibromialgia: doença ou sintoma?

Publicado em fevereiro de 2008

A fibromialgia foi primeiramente conceituada em 1990 por Frederick Wolfe. Caracterizada por dor músculo-esquelética difusa, rigidez em associação com fadiga, também é relacionada a problemas do sono e distúrbios do humor. Emoções como tristeza, raiva, ansiedade... [Continuar]

 

O uso de animais para experimentação é um mal necessário

Publicado em janeiro de 2008

No dia 7 de dezembro de 2007, a Câmara Municipal de Florianópolis promulgou uma lei proibindo o uso de animais para fins de experimentação científica na cidade. A lei, de autoria do vereador Deglaber Goulart, foi promulgada por falta de uma decisão... [Continuar]

 

Modelos animais para o estudo da dor: há razões para mantê-los?

Publicado em dezembro de 2007

O uso de animais experimentais é uma das mais importantes ferramentas para se entender o processo da dor, sendo também útil para o desenvolvimento de drogas e terapias para alívio deste importante sintoma associado a várias patologias. A diversidade de... [Continuar]

 

Opióides periféricos sem efeitos adversos – uma realidade mais próxima do que imaginamos?

Publicado em novembro de 2007

O tratamento farmacológico da dor pode ser realizado com três classes de medicamentos: esteroidais (dexametasona, etc), não-esteroidais (diclofenacos de sódio ou potássio, etc) e opióides (morfina e derivados). Esta última classe é considerada a mais potente e é... [Continuar]

 

Quando começamos a sentir dor? O debate sobre a dor e o uso de analgésicos em bebês recém-nascidos

Publicado em outubro de 2007

A questão de “quando um ser humano começa a sentir dor” pode parecer simples a princípio, no entanto, este assunto acaba esbarrando em um debate com diferentes abordagens: científica, política, religiosa, social ou, mesmo, emocional. Isso ocorre porque esta questão... [Continuar]

 

Terapia com inibidores de TNF: riscos e benefícios dos novos tratamentos

Publicado em setembro de 2007

O Fator de Necrose Tumoral-alfa (TNF-α) é uma citocina cujas atividades incluem a indução de dor, reabsorção óssea, migração de neutrófilos, febre, liberação de outras citocinas, entre outras. Considerando as atividades biológicas do TNF-α, foram desenvolvidas... [Continuar]

 

Ketamina: atingindo a “maturidade farmacológica”

Publicado em agosto de 2007

A 2-(2-cloro-fenil)-2-(metil-amino)-ciclohexanone (C13 H16 Cl N O), ou, como é mais conhecida, ketamina, um anestésico sintetizado pela primeira vez em 1963, completa, este ano, 44 anos de utilização nas mais variadas condições patológicas e traumáticas... [Continuar]

 

Diga não aos brindes! – as companhias farmacêuticas gastam milhares de dólares em recursos para cortejar os médicos. Será que essa prática é inofensiva?

Publicado em julho de 2007

Quer influenciar no modo como os médicos tratam seus pacientes? É simples: apenas doe um terno e traga um pacote de rosquinhas. Os representantes de venda de empresas farmacêuticas têm usado essa “técnica” por longo tempo, ou seja... [Continuar]

 

Efeitos adversos dos medicamentos opióides: um desafio para a prática clínica

Publicado em junho de 2007

Os opióides podem ser considerados uma das melhores opções para alívio de dores agudas, de intensidade moderada a severa, além de serem efetivos nas dores oriundas do câncer. A prática clínica também fornece respaldo para seu uso em dores crônicas de origem... [Continuar]

 

Antagonistas B1/B2: muitos ensaios, poucos resultados efetivos

Publicado em maio de 2007

As cininas estão entre os mais potentes mediadores endógenos envolvidos em processos inflamatórios, vasculares e dolorosos. Esses peptídeos, entre os quais se encontram a bradicinina, a calidina e a T-cinina, são gerados durante injúrias e danos teciduais e possuem... [Continuar]

 

Medicamentos com ação na via das lipooxigenases: uma alternativa para os inibidores da COX?

Publicado em abril de 2007

Problemas psicológicos normalmente são considerados serem a causa de insucesso de muitos tratamentos propostos por profissionais de saúde que tratam de pacientes que sofrem dor. Casos de difícil solução parecem muitas vezes serem piorados justamente por aquele... [Continuar]

 

Catastrofismo: a variável desconcertante

Publicado em março de 2007

Problemas psicológicos normalmente são considerados serem a causa de insucesso de muitos tratamentos propostos por profissionais de saúde que tratam de pacientes que sofrem dor. Casos de difícil solução parecem muitas vezes serem piorados justamente por aquele que é... [Continuar]

 

Laserterapia da dor

Publicado em fevereiro de 2007

A palavra laser já foi incorporada ao vocabulário português e está presente em todos os dicionários. Na denominação original, a palavra laser é um acrônimo (do grego acro, que significa ponta, extremidade; e nomas, que significa lei) com origem na língua inglesa que significa... [Continuar]

 

Existindo sem sentir dor: canais de sódio Nav1.7 e a importância da dor para nossa sobrevivência

Publicado em janeiro de 2007

É consenso na comunidade científica que a dor foi um dos elementos mais importantes para a evolução das espécies. Imagine, contudo, ser incapaz de sentir qualquer tipo de dor e não ter nenhum outro distúrbio orgânico. Para um pequeno grupo... [Continuar]

 

Neuralgia trigeminal – o que sabemos até o momento?

Publicado em dezembro de 2006

A patologia conhecida como neuralgia do trigêmeo (NT) é caracterizada por dor lancinante severa ao longo de um ou mais ramos do quinto nervo craniano, ou seja, o nervo trigêmeo. Tal condição dolorosa pode interferir profundamente na vida social e profissional do paciente... [Continuar]

 

Fetos sentem dor?

Publicado em novembro de 2006

Segundo a Associação Internacional para o Estudo da Dor (IASP), dor é uma experiência sensorial e emocional que requer a presença de consciência para reconhecimento de um estímulo como desagradável. Como é, portanto, uma construção psicológica com cunho emocional... [Continuar]

 

Hospital - acompanhar tendências

Publicado em outubro de 2006

O nobre médico William Thomas Green Morton, em 16 de Outubro de 1846, no Massachusetts General Hospital, nunca imaginaria que aquele gesto da primeira anestesia com éter, imortalizada na famosa pintura de Robert Hinckley, fosse lembrado honrosamente tantos anos após... [Continuar]

 

Diclofenacos e problemas cardiovasculares: surpresa ou não?

Publicado em setembro de 2006

Imaginem que o medicamento mais usado para tratar dores tenha o péssimo efeito colateral de induzir úlceras gástricas. Imaginem agora que surja uma fórmula que mantenha seu efeito sobre as dores, porém sem causar injúrias no estômago... [Continuar]

 

Automedicação ou autoprescrição

Publicado em agosto de 2006

Todo profissional de saúde tende naturalmente a condenar a automedicação, o que seria admissível em um país cuja vigilância farmacêutica é incipiente, como é o caso do Brasil. Entretanto, a Organização Mundial de Saúde (OMS) prevê a existência da... [Continuar]

 

O controle da dor pós-operatória: um desafio para a equipe multidisciplinar

Publicado em julho de 2006

Embora a dor que acompanha o período pós-operatório seja um fenômeno fisiológico esperado, seu controle nem sempre é preocupação da equipe multidisciplinar de saúde. Os pacientes operados desejam analgesia perioperatória perfeita, o que lhes é, muitas vezes, garantido... [Continuar]

 

Monitoramento de genéricos

Publicado em junho de 2006

O nome Genérico surgiu pela primeira vez no Brasil em 1993, por força do Decreto nº 793, que pretendia retirar das apresentações os nomes comerciais ou marcas de fantasia adotadas pelos laboratórios em prol de uma Denominação Comum Brasileira... [Continuar]

 

Avaliação da segurança do uso de analgésicos

Publicado em maio de 2006

Em abril de 2005 a Federação Latino-Americana de Associações para o Estudo da Dor (FEDELAT) convocou os presidentes das sociedades latino-americanas membros da Associação Internacional para o Estudo da Dor (IASP) para uma reunião extraordinária em... [Continuar]

 

Os inibidores seletivos de COX-2 após a proibição das vendas do Vioxx®

Publicado em abril de 2006

Pouco tempo atrás a indústria farmacêutica foi surpreendida pela retirada do mercado de um dos medicamentos mais prescritos pelos profissionais de saúde, o Vioxx®, fabricado pela empresa Merk Sharp & Dohme (MSD). A razão para a proibição nas vendas do Vioxx®, cujo princípio... [Continuar]

 

A Associação Internacional para o Estudo da Dor (IASP) e sua definição de dor

Publicado em março de 2006

A Associação Internacional para o Estudo da Dor (IASP) define dor como: uma experiência sensorial e emocional desagradável; associada a uma lesão tecidual potencial ou atual; ou descrita em termos de tal lesão... [Continuar]

 

Estatinas e seus efeitos antiinflamatórios

Publicado em fevereiro de 2006

A descoberta das estatinas data do começo dos anos 70, quando, na busca por compostos com capacidade de diminuir os níveis de colesterol, Endo e Kuroda identificaram um produto derivado do fungo Penicillium citrinium, o qual foi denominado... [Continuar]

 

Efeito placebo: fisiológico ou psicológico?

Publicado em janeiro de 2006

Dando seqüência aos assuntos polêmicos comentados em nossa seção Editorial do Mês, iniciamos o ano de 2006 abordando mais um controverso tema: o efeito placebo... [Continuar]

 

Estimulação elétrica transcutânea e o alívio da dor

Publicado em dezembro de 2005

Escritos gregos clássicos relatam que a estimulação elétrica por descargas do peixe elétrico (poraquê) era usada para tratar dor de cabeça e dores artríticas. Os romanos antigos também relatam ter usado o mesmo animal para o tratamento da dor gotosa... [Continuar]

 

Acupuntura nos dias de hoje

Publicado em novembro de 2005

Pouco tempo atrás o assunto abordado em nosso Editorial do Mês foi a Homeopatia, tema considerado uma “pedra no sapato” de pesquisadores e cientistas. Neste mês, continuando nossa abordagem de assuntos polêmicos, voltamos nossa atenção para a Acupuntura, que, apesar... [Continuar]

 

Fitoterapia - uma alternativa à medicina tradicional

Publicado em outubro de 2005

Há séculos as plantas vêm sendo utilizadas na medicina popular caseira para tratamento dos mais diversos males, dentre eles, a dor. Estima-se que 25% dos US$ 8 bilhões de faturamento da indústria farmacêutica nacional sejam originados de medicamentos derivados de plantas... [Continuar]

 

Homeopatia versus Alopatia: diluindo opiniões

Publicado em setembro de 2005

Artigo recentemente publicado no periódico The Lancet (ver referência abaixo) trouxe de volta aos debates a polêmica Terapia Homeopática versus Alopatia. O estudo, que gerou comentários tanto dos defensores quanto dos céticos em relação ao uso da Homeopatia, avaliou... [Continuar]

 

Os efeitos colaterais da venda livre de medicamentos

Publicado em agosto de 2005

Segundo a legislação atual brasileira, os medicamentos dispensados no país podem ser divididos em três categorias: medicamentos controlados - aqueles com tarja preta, cuja receita ou notificação médica deve ser retida pelo estabelecimento -, medicamentos de venda sob... [Continuar]

 

Especialização em dor orofacial: velhos problemas, novas preocupações

Publicado em julho de 2005

Desde que a Associação Internacional para o Estudo da Dor (IASP - International Association for Study of Pain) distinguiu a “dor patológica”, ou seja, um estado doloroso que não pode ser classificado como mecanismo de defesa contra estímulos injuriantes... [Continuar]

 

Especialização em dor orofacial: velhos problemas, novas preocupações

Publicado em junho de 2005

Desde que a Associação Internacional para o Estudo da Dor (IASP - International Association for Study of Pain) distinguiu a “dor patológica”, ou seja, um estado doloroso que não pode ser classificado como mecanismo de defesa contra estímulos injuriantes... [Continuar]

 

Diferenças entre homens e mulheres na percepção da dor

Publicado em maio de 2005

Muitos estudos recentes evidenciaram que a percepção e a resposta à dor são diferentes entre homens e mulheres. Mulheres relatam dor freqüentemente em maior número de regiões do corpo e descrevem mais sintomas afetivos relacionados à dor em... [Continuar]

 

Inibidores de COX-2 - Uma lição sobre drogas seguras

Publicado em abril de 2005

Após milhares de americanos usarem os conhecidos medicamentos inibidores seletivos da enzima ciclooxigenase-2 (COX-2), os quais teriam como maior benefício evitar as complicações gastrintestinais comumente causadas pelos antiinflamatórios não-esteroidais (AINEs)... [Continuar]

 

Participação de células da glia na nocicepção

Publicado em março de 2005

As células da glia são células não neuronais presentes nos sistemas nervosos central e periférico. O nome glia deriva da palavra em latim para cola, que deu origem ao termo em inglês “glue”. De fato, até muito recentemente, as células da glia eram vistas apenas como células de... [Continuar]

 

O vaivém da Novalgina®: a coerência da justiça em xeque!

Publicado em fevereiro de 2005

Em dezembro do ano passado a notícia da imposição de restrições à venda do medicamento Novalgina®, tornando necessária a apresentação de receita médica para sua compra, nos surpreendeu pela falta de maiores explicações por parte dos meios de comunicação... [Continuar]

 

Dor oncológica

Publicado em janeiro de 2005

O número de pacientes com câncer está aumentando em todo o mundo. Dos 10 milhões de novos casos estimados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), mais da metade encontra-se em países em desenvolvimento. Nestes pacientes, a dor é o sintoma de maior prevalência... [Continuar]

 

Dor em pacientes com AIDS

Publicado em dezembro de 2004

Em 2003 e durante os primeiros quatro meses de 2004, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e UNIAIDS, avaliaram a estimativa de prevalência da HIV-AIDS. Tal estimativa incluiu todas as pessoas com infecção pelo vírus HIV tendo ou não desenvolvido sintomas... [Continuar]

 

Síndrome dolorosa lombar - a lombalgia

Publicado em novembro de 2004

A história da Lombalgia se inicia e se confunde com a história do próprio homem. Sua primeira descrição está registrada no papiro de Edwin Smith, descoberto em 1862 em Tebas (Egito) e atribuído a Inhotep (2686-2613 a.C.). Esse documento, conhecido como o primeiro... [Continuar]

 

Inibidores da COX-2 na berlinda! Será que estávamos certos?

Publicado em outubro de 2004

Neste mês de outubro, a surpreendente notícia da retirada do mercado mundial do medicamento Vioxx®, da empresa Merk Sharp & Dohme (MSD), foi veiculada. A justificativa da empresa apontou para estudos que demonstraram os riscos de pacientes desenvolverem problemas... [Continuar]

 

Terapia anti-TNF-a para inflamação crônica

Publicado em setembro de 2004

O desenvolvimento de terapias antiinflamatórias com melhor eficácia e menores custos e efeitos colaterais é a principal meta da pesquisa farmacológica. Embora haja grande variedade de drogas para tratamento da inflamação, o direcionamento da ação... [Continuar]

 

Receptores vanilóides

Publicado em agosto de 2004

A dor inicia-se quando estímulos térmicos, mecânicos ou químicos potencial ou realmente nocivos excitam os nociceptores. A capsaicina (componente responsável pela irritação provocada por pimentas) foi o primeiro estímulo químico conhecido capaz de ativar... [Continuar]

 

Antidepressivos e analgesia

Publicado em julho de 2004

Há mais de cinco décadas têm-se verificado a presença de efeitos analgésicos em drogas psicotrópicas. Neste grupo, destacam-se os antidepressivos que têm se mostrado úteis no tratamento de alguns tipos de dores crônicas e agudas... [Continuar]

 

A enfermagem e a dor como quinto sinal vital: perspectiva

Publicado em junho de 2004

Embora a idéia original não seja brasileira, a mensuração da dor como quinto sinal vital é prática que tem sido incorporada em alguns hospitais do Brasil. Avaliar a dor rotineiramente como o são os sinais vitais (pressão sanguínea, pulso, temperatura, respiração) é uma estratégia... [Continuar]

 

Maconha: uma discussão internacional

Publicado em maio de 2004

Atualmente no mundo inteiro está se discutindo a descriminalização de drogas derivadas da papoula e da Cannabis sativa (maconha). Recentemente o Simpósio Cannabis sativa L e Substâncias Canabinóides em Medicina, organizado pelo Centro Brasileiro de Informações sobre... [Continuar]

 

Conceituando a dor

Publicado em abril de 2004

Em 1964 Merskey conceituou a dor como “uma experiência desagradável a qual nós associamos primariamente com lesão tecidual ou descrevemos em termos de tal lesão, ou ambas”. Posteriormente, a IASP (International Association of the Study of Pain) aceitou, com algumas... [Continuar]

 

Migrânea (enxaqueca) menstrual

Publicado em março de 2004

Várias evidências indicam relação entre hormônios sexuais femininos e migrânea. Em crianças, por exemplo, a migrânea ocorre igualmente em cerca de 4% dos meninos e das meninas, enquanto em adultos ela incide com maior freqüência nas mulheres (18%) que nos homens (6%),... [Continuar]

 

COX-2 e a ética médica

Publicado em fevereiro de 2004

Inibidores específicos da enzima ciclooxigenase-2 (COX-2) foram inseridos no mercado como drogas que mantém as atividades farmacológicas, analgésicas e antiinflamatórias das clássicas drogas do tipo da aspirina mas que, diferentemente destas, não provocam lesões... [Continuar]

 

Dor crônica orofacial e disfunção temporomandibular

Publicado em janeiro de 2004

A disfunção na articulação têmporomandibular (ATM) é uma doença complexa e sua natureza ainda não é totalmente conhecida, o que torna difícil o seu tratamento. Está normalmente associada à uma relação anormal entre disco, côndilo, fossa e eminência articular. No entanto,... [Continuar]

 

Cicloxigenase-2

Publicado em dezembro de 2003

O mecanismo de ação dos antiinflamatórios não-esteroidais (AINES) ocorre pela inibição de um sistema enzimático denominado cicloxigenase (COX) ou prostaglandina-H-sintase, responsável pela síntese dos diferentes tipos de prostaglandinas (PGI2, PGE2, PGF2a)... [Continuar]

 

Cefaléia (dor de cabeça)

Publicado em novembro de 2003

Cefaléia é toda dor que acomete a região da cabeça, abrangendo desde os olhos até o final da implantação do cabelo, na região da nuca. Se a dor acometer a região abaixo dos olhos será chamada de dor facial. Se acometer a região abaixo da implantação dos cabelos... [Continuar]

 

Clonidina e agonistas a2 adrenérgicos no tratamento da dor

Publicado em outubro de 2003
As drogas agonistas adrenérgicas seletivas para receptores a2 vêm sendo utilizadas na prática clínica com grande freqüência. A caracterização desses receptores, sua localização e funções são alvos de extensos estudos desde que Ahlquist, em 1948, classificou os receptores... [Continuar]

 

Cannabis sativa: erva medicinal?
Publicado em setembro de 2003

A cannabis é extraída da planta Cannabis sativa, sendo os canabinóides seus princípios ativos. Recentemente foi proposto o uso medicinal dos canabinóides, o que gerou grande divergência não somente no meio científico mas também entre profissionais de saúde... [Continuar]

 

Mecanismo molecular de opióides periféricos

Publicado em agosto de 2003

Pesquisadores brasileiros do Instituto Butantã demonstraram que componentes do veneno da cascavel (Crotalus durissimus terrificus) possuem atividade analgésica periférica envolvendo receptores opióides (Eur. J. Pharmacol., 469(1-3): 57-64, 2003). É interessante... [Continuar]

 

Memória da Dor
Publicado em julho de 2003

O fenômeno da memória da dor têm sido descrito na literatura. Dentro desse contexto, substâncias que levam à sensibilização (hipernocicepção) dos neurônios aferentes primários como as prostaglandinas, aminas simpatomiméticas, citocinas (TNFa, IL-1b e IL-8) e... [Continuar]

 

Dor opióide

Publicado em junho de 2003

A literatura médica possui inúmeros registros de que opióides, em vez de controlar a dor, podem produzir sensação de dor inesperada e anormal, caracterizada por hiperestesia e alodinia, qualitativamente diferente da sensação normal de dor e localizada em... [Continuar]

 

Tratamento fisioterápico e dor crônica

Publicado em maio de 2003

É amplamente reconhecida a importância da fisioterapia no tratamento de moléstias que resultam em dor crônica. O que muitos de nós desconhecem, entretanto, é que para reabilitar é necessário tratar a dor per si... [Continuar]

 

Estimulação da síntese de lipoxinas pela aspirina: um novo modelo antiinflamatório

Publicado em abril de 2003

A aspirina, assim como outros antiinflamatórios, é uma droga inibidora das ciclooxigenases. Este mecanismo de ação tem como consequência a inibição da síntese de prostaglandinas, que são formadas a partir do ácido araquidônico pela ação das enzimas ciclooxigenases... [Continuar]

 

Nomenclatura, uma vez mais

Publicado em março de 2003

O termo analgésico é empregado há séculos para designar a classe de substâncias capazes de controlar a dor por doença. Sob o ponto de vista experimental, no entanto, o termo é confuso. Modelos experimentais denominados de dor fásica (“tail-flick test”, por exemplo)... [Continuar]

 

Entre a compreensão e a confusão: alodinia e hiperalgesia

Publicado em fevereiro de 2003

A sensibilização dos receptores periféricos de dor (nociceptores) é uma característica comum dos processos inflamatórios. Alodinia e hiperalgesia são os termos usados para descrever esta sensibilização. A idéia é que alodinia e hiperalgesia pretendem descrever... [Continuar]